Termos relacionados com Poliamor

Adultério: É o nome da traição que acontece no âmbito conjugal. É também em muitos países o nome legal quando a traição é considerada um delito.

Amizade colorida: Tradução aproximada de friends with benefits (amigos com benefícios). Trata-se de amizades onde existem interações sexuais, sem qualquer outro vínculo afetivo.

Amor livre: Nome dado pelo movimento hippie nos anos 60 do século passado ao sexo recreativo entre pessoas não envolvidas sentimentalmente. Atualmente abarca também questões afetivas.

Amor romântico: O movimento do romantismo deixou a idéia de um amor idealizado, baseado na exacerbação dos sentimentos e roles estereotipados.

Bigamia: Bi = dois. Gamos = casamento. Bigamia é manter dois casamentos simultaneamente. É delito em Brasil e quase tudo o mundo occidental.

Casamento: Contrato de união entre duas pessoas que pode ter ordem jurídico ou religioso. No primeiro caso, é a forma de união convalidada nas esferas legais que regem família, propriedades e parentalidade.

Compersão: Alegria que se sente ao conhecer da a alegria de outros. No contexto das uniões sexoafetivas, refere-se à alegria que é sentida quando o nosso parceiro também ama uma terceira pessoa.

Metamor: O amor de meu amor. Metamor é uma pessoa com quem meu parceiro se relaciona, mas que não tem relações comigo.

Monogamia: Mono = Um. Gamos = casamento. Condição dese ter apenas um matrimônio ou parceiro.

Mono-Normatividade: Normas culturais e sociais que defendem e perpetuam a monogâmia. Pela geral, condenam os outros modelos relacionais.

Não-Monogamia: ideologia daqueles que defendem a opção de manter simultaneamente mais de uma relação sexoafetiva. Não é o mesmo que poliamor, pois engloba outra formas de se relacionar, como a troca de parceiros ou relacionamentos abertos.

Poliamor: modelo sexoafetivo não-monogâmico em que as pessoas envolvidas tem sentimentos profundos.


Poliamorista/ Poliamoroso: 
Quem pratica ou defende a idéia do poliamor.

Poligamia: Poli = vários. Gamos = casamentos. Condición de quien mantiene varios matrimonios al mismo tiempo.

Poliandria: Poli = muitos. Andros = homem. Modelo relacional que envolve uma mulher com mais de um homem.

Poliginia: Poli = muitos. Ginos = mulher. Modelo relacional que envolve um homem com mais de uma mulher.

Polifidelidade: Acordo de fidelidade sexoafetiva entre um grupo fechado.

Polécula (polycule): Molécula poliamorosa. Representação geométrica de redes relacionais. Os mais comuns são a relação em V, o triângulo e o quadrado, mas existem muitas outras configurações

Rede íntima: Conjunto de pessoas relacionadas. Pode ser uma polécula ou ainda maior: uma rede de poléculas.

Relação aberta: Relação em que é permitido adiar novos parceiros.

Relação fechada: Relação em que os envolvidos acordam não adiar mais pessoas. Existem relações poliamorosas fechadas ou abertas, mesmo que entre os casais comuns.

Relação  Primária: Em alguns casos se estabelecem hierarquias entre as relações. A relação primária é aquela em que o parceiro está mais próximo emocionalmente.

Relação Secundária: é aquela que está hierarquicamente embaixo da relação primária.

Sexodiversidade: nome usado para identificar o conjunto das diversas formas de expressão sexual humana.

Swing: Forma de não-monogamia que consiste na troca de casais. Não envolve sentimentos profundos, por tanto, é distinto do poliamor.

Unicórnio: Gíria do meio não-monogâmico. Refere-se a pessoas difíceis de encontrar. No swing, às meninas solteiras, que são muito raras nesse mundo, enquanto no poliamor refere-se às pessoas solteiras (geralmente meninas) que aceitam ser parceiro secundário, e em muitos casos secreto, de um casal constituído anteriormente.

Veto / Poder de veto: capacidade que tem os membros de um relacionamento não-monogâmico para aprovar (ou não) aos outras pessoas envolvidas.

FONTE

Escrito por

Daniel e Ana

Somos casal, somos sócios, parceiros, cúmplices de nossas aventuras, testemunho vivo de que é possível estar casado por 10 anos e se renovar sempre. Estamos em busca de encontrar nossa identidade dentro da nossa própria história. Acreditamos que compartilhar o pouco que se tem, é a chave para um mundo melhor.